sábado, 15 de novembro de 2008

Hoje quero falar de um livro maravilhoso que acabei de ler: A cabana, esse livro vai com certeza fazer você repensar o conceito de Deus, seja qual for sua religião. Em relação a minha vida, ele conseguiu implantar algumas mudanças, e uma delas é valorizar mais ainda a minha familia, e as pessoas que amo, e não mais me prender a expectativas nos relacionamentos. Escolhi uma passagem do livro para colocar aqui, mas o livro todo é magnifico e não deixe de ler! "usemos o exemplo da amizade e veremos que remover o elemento de vida de um substantivo pode aletrar um relacionamento. Mack, se voce e eu somo amigos, ha uma prontidão dentro do nosso relacionamento. Quando nos vemos ou quando estamos separados, há a prontidão de estarmos juntos, de rirmos e falarmos. Essa prontidão não tem definição concreta: é viva, dinamica e tudo que emerge do fato de estarmos juntos, é um dom único que não é compartilhado por mais ninguém. Mas o que acontece se eu mudar "prontidão" por "expectativa" verbalizada ou não? Subitamente a lei entra no nosso relacionamento. Agora voce espera qua eu aja de um modo que atenda as suas expectativas. Nossa amizade viva se deteriora rapidamente e se torna uma coisa morta, com regras e exigencias. Não tem mais nada a ver com nos dois, mas como que os amigos devem fazer ou com as responsabilidades de um bom amigo." Livro A cabana de Willian P। Young

terça-feira, 11 de novembro de 2008

Uma promessa para cumprir em 4 anos

"...Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar do calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar a lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser; que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver... Il faut aller voir - é preciso ir ver! É preciso questionar o que se aprendeu. É preciso ir tocá-lo." - Amyr Klink Eu realmente admiro quem tem coragem de pegar uma mochila e sair pelo mundo, sabe as vezes perco algumas horas pensando nisso, ainda mais quando tenho alguma decepção, e ultimamente tive muitas. Penso em sair para ver e sentir o mundo lá fora, varias culturas, conceitos diferentes, lugares maravilhosos, pessoas de todos os tipos, e muita coisa para descobrir. Sabe esse é o maior sonho do meu pai, viajar por todo o continente americano. Eu estava escrevendo no cartão de aniversario dele (hoje 11/11) o quanto desejo que ele consiga realizar esse sonho, mas sabe o que descobri, que compartilho do mesmo sonho dele, também quero viajar por este mundo, só que não agora, pensei bem e acho que vou fazer isso com 35 anos, se eu chegar bem nesta idade, vou colocar a mochila nas costas e pegar a estrada, promessa que compartilho com quem lê o meu blog, e mais quem quiser ir comigo, já podemos planejar a viajam desde agora, o que acha? Bjss Naiana Santos 11/11/2008

domingo, 2 de novembro de 2008

"O problema não é que os computadores passem a pensar como a gente, mas que a gente passe a pensar como eles." (Erich fromm) Isso mesmo, vivemos na era da informatica, internet, ótimo! mas não podemos esquecer de viver no mundo real, temos que nos relacionar, estar em contato direto com as pessoas, com a natureza. Eu confesso que para mim a vida é perfeita nos mais belos momentos, aqueles que vivemos com os amigos, familia, natureza!!! Viva a VIDA!!!!